segunda-feira, 22 de Janeiro de 2018  
Pesquisa
  
Sahara
El Haule
carte
Musique El Haule

 actualidade

Reunido em plenário, Quarta-feira em Estrasburgo, o Parlamento Europeu aprovou o relatório anual de 2016 sobre os direitos humanos, a democracia no mundo e a política da União Européia neste domínio. Um documento favorável a Marrocos e sua integridade territorial foi aprovado na presença dos membros da Comissão Parlamentar mixta Marrocos-União Européia e de seu Presidente Abderrahim Atmoun. Composto de duas partes, este relatório, que descreve os esforços feitos pela União Européia (UE) a favor dos direitos humanos em 2016, contém duas partes principais, votadas por 443 votos contra 84 contra, e 95 abstenções.

A primeira parte, temática, analisa a abordagem dos direitos humanos adotada em situações de conflito e crise, sobre os principais desafios de direitos humanos e a questão dos direitos humanos na política externa da UE.

A segunda parte, geográfica, centra-se nas ações da UE em países terceiros, descrevendo a situação dos direitos humanos no mundo.

Desde 2014, a escolha de uma abordagem temática na realização deste relatório permitiu uma avaliação mais precisa da situação dos direitos humanos no mundo pelo Parlamento Europeu; um avanço pelo qual o comitê mixta parlamentar marroquino-UE, presidido por Abderrahim Atmoun.

O relatório aprovado, Quarta-feira dá prioridade aos direitos das minorias, mulheres e crianças. Ele inscreve-se numa continuação daquele elaborado pelo relator Pier Antonio Panzeri, presidente do Comitê de Direitos Humanos no Parlamento Europeu, cuja metodologia se baseia em uma abordagem temática mais precisa e relevante do que a única base geográfica.

Em uma declaração do Parlamento Europeu em Estrasburgo, o Sr. Atmoun congratulou-se com a adopção desta abordagem mais eficiente, salientando que este novo relatório critica mais uma vez  a questão e as manobras das partes que instrumentalizam a questão de integridade territorial.

O texto adotado põe fim a qualquer tentativa de introduzir as alterações hostis aos direitos de Marrocos sobre o Saara.

Para o Sr. Atmoun, isso constitui uma vitória contra os adversários e os opositores da integridade territorial do Reino. O presidente da Comissão Parlamentar mixto de Marrocos-UE, tem também sublinhado a eficácia do trabalho dos membros deste comitê e a importância do seu compromisso nas instituições européias, o que confirma o sucesso da diplomacia parlamentar liderada pelo Reino.
.
O objectivo é de consolidar as relações com a União Europeia, nomeadamente através dos binômios marroco-europeus, criados nos últimos seis anos pela Comissão Parlamentar mxta, e que discute regularmente as questões prioritárias da defesa dos direitos humanos. a juventude, a segurança e a luta contra o terrorismo e promoção da cooperação triangular Marrocos-UE-África.

- Notícias sobre a questão do saara Ocidental /Corcas

 

   
  
 
 

 
Pagina principal   |  História do Sara  |  Geografia  |  Património Hassani  |  Assuntos sociais  |  Economia  |  Infraestruturas Instituições  |  Contactos
 
  Copyright © CORCAS 2018 - Todos os direitos reservados