quarta-feira, 27 de Outubro de 2021  
Pesquisa
  
Sahara
El Haule
carte
Musique El Haule

 actualidade

A grande participação da população do Saara marroquino nestas eleições de 8 de setembro de 2021, através da votação nas urnas, confirma a verdadeira adesão dos cidadãos das províncias do sul ao reino do Marrocos,  ao exercício de seu direito na gestão democrática e nos assuntos regionais no quadro da soberania e integridade territorial de Marrocos.

O Embaixador, Representante Permanente do Marrocos junto às Nações Unidas, Omar Hilale dirigiu uma carta ao Secretário-Geral das Nações Unidas, ao Presidente e aos membros do Conselho de Segurança, informando sobre as eleições gerais organizadas em 8 de setembro no Reino, incluindo o Saara marroquino.

"Tenho a honra de informar que o dia 8 de setembro de 2021 foi um dia histórico para o Marrocos, marcado com a organização das eleições gerais - legislativas, regionais e coletivas - em todo o território nacional, incluindo o Saara marroquino", sublinhou o Sr. Hilal, acrescentando que “a taxa de participação a nível nacional atingiu 50,35 por cento, uma percentagem recorde em comparação com as pesquisas anteriores, apesar das restrições impostas pela pandemia Covid-19.

Sobre esta organização dessas eleições nas províncias do sul do Reino, Hilal destacou que “no Saara marroquino, as taxas de participação atingiram 66,94% na região de Laayoune-Sakia El Hamra e 58,30% na região Dakhla-Oued Eddahab. ”

Anotando que "em nível regional, as taxas de participação no Saara marroquino foram as mais importantes", explicando que "na região de Dakhla-Oued Eddahab, a taxa foi de 79,64% na região de Ausserd e 54,40% na região de Oued Eddahab; Quanto à região de Laayoune-Sakia El Hamra, essas taxas foram de 85,20% na província de Tarfaya, 67,37% na província de Smara, 68,65% na província de Laayoune e 64,10% na província de Boujdour.

A este respeito, o Embaixador Hilal explicou que “a população de ambos os lados do Saara marroquino conheceu uma grande participação neste escrutínio tripartido, com as taxas de participação mais elevadas no Marrocos”, sublinhando que “tal importante participação da população do Saara marroquino no estas eleições constitui uma nova confirmação, através das urnas, desta adesão e integração do saraui marroquino. trata-se de uma firme adesão dos cidadãos das províncias do sul, no reino de Marrocos,  exercendo o seu direito inalienável à gestão democrática dos assuntos locais, no âmbito  soberania e integridade territorial do Marrocos.

O diplomata marroquino destacou ainda que “estas eleições foram seguidas e observadas, de forma independente e imparcial, contando com 5020 observadores nacionais e internacionais, cujos 4891 foram observadores nacionais, incluindo 568 observadores do Conselho Nacional dos Direitos do Homem, bem como 129 observadores internacionais, representando vários países da África, da Europa e Ásia, além dos observadores do mundo árabe, das organizações internacionais e regionais, bem como dos parlamentos nacionais e internacionais, e das organizações não governamentais e sociedade civil.

Considerando que “todos esses observadores nacionais e internacionais reconheceram que essas eleições foram conduzidas de forma democrática, transparente e inclusiva, de acordo com os procedimentos e processos eleitorais independentes, em conformidade com os mais elevados padrões internacionais”.

O Sr. Hilal concluiu que tais observadores anunciaram que essas eleições ocorreram em circunstâncias normais sem nenhum incidente que pudesse afetar a transparência da votação sem registo irregular em nível de todas as regiões do Reino de Marrocos.

Deve-se notar que a carta de Marrocos dirigida ao Conselho de Segurança será publicada como um documento oficial deste Conselho e anotado nos arquivos das Nações Unidas.

Notícias sobre o saara ocidental-Corcas

 

   
  
 
 

 
Pagina principal   |  História do Sara  |  Geografia  |  Património Hassani  |  Assuntos sociais  |  Economia  |  Infraestruturas Instituições  |  Contactos
 
  Copyright © CORCAS 2021 - Todos os direitos reservados